Conheça os mitos e verdades sobre o uso do cabo na lancha

Compartilhe:

É quase impossível falar sobre os itens fundamentais de uma embarcação, sem citar o cabo da mesma – que é um acessório de extrema importância em uma lancha. Por isso, no texto de hoje vamos abordar alguns mitos e verdades sobre o uso do cabo na lancha, qual sua aplicação e muito mais! Confira!

 

Mitos e verdades sobre o uso do cabo na lancha

 

Cabos e cordas são a mesma coisa?

 

Mito. É muito comum para quem ainda não entende muito sobre o mundo náutico, considerar que os cabos e as cordas são o mesmo produto. Eles podem sim, ser muito semelhantes, mas as suas finalidades são o que os difere na usabilidade. Os cabos náuticos são feitos exclusivamente para serem utilizados em embarcações, por isso são fabricados com um material próprio para enfrentar a ação do tempo (contato direto com a água, chuva, sol) – diferente das cordas, que são feitas para uso geral e não específico.

 

Vale destacar: O grande diferencial do uso do cabo na lancha é principalmente a durabilidade e a qualidade que o produto oferece, garantindo assim, a segurança da embarcação e dos tripulantes. 

 

Os cabos náuticos estão disponíveis em diversos tipos de materiais?

 

Verdade. Os cabos náuticos podem ser encontrados em diversos tipos de materiais, todos eles os tornam mais resistentes, flexíveis e duráveis. Antigamente, quando se deu início às navegações, os cabos eram produzidos a base de fibras naturais (como linho, algodão, sisal, piaçava e juta). Hoje, são feitos de fibras sintéticas de última geração, como o náilon, poliéster, aramida (kevlar), spectra, polietileno ou polipropileno.

 

Os cabos náuticos em poliéster permitem a produção de cabos mais rígidos, como os pré-estirados. Já a poliamida é a melhor escolha para as amarras por apresentar mais elasticidade e resistência. Os cabos de polipropileno apresentam a capacidade de flutuar, além disso contam com menor custo na produção e no preço final. 

 

O que mais importa na hora de escolher um cabo: é a carga máxima que ele suporta?

 

Mito. Na hora de optar pelo uso do cabo na lancha, muitos critérios precisam ser avaliados – e não somente a carga máxima que ele suporta. A elasticidade do cabo, como ele é feito, qual a resistência à abrasão, a flutuabilidade, aos raios solares, ação do tempo, se o revestimento evita o aquecimento em caso de atritos.. são alguns dos detalhes para serem analisados. 

 

Existem vários modelos de cabos e cada um tem uma finalidade? 

 

Verdade. Além de existirem cabos náuticos de materiais diferentes, também há modelos distintos e cada um apresenta uma finalidade. Os mais conhecidos são: cabo torcido, cabo trançado sem alma, cabo trançado com alma, cabo trançado com alma, alerta visual e os cabos trançados especiais. Somente alguns desses tipos são considerados cabos náuticos e apresentam função importante em uma embarcação.

 

Mas, afinal, qual a finalidade de cada tipo de cabos náuticos?

 

Como já citamos acima, o uso do cabo na lancha é uma questão de segurança, tanto para a embarcação quanto para os tripulantes que fazem uso da mesma. Vamos entender um pouco mais sobre qual a finalidade de cada tipo de cabo náutico:

 

Cabo de náilon: muito resistente às ações do tempo, alta elasticidade e mais pesado que a água. Indicado para uso de amarras (cabo de âncora), espias e cabos de reserva para reboque. 

 

Cabo de poliéster: menos elástico que o náilon, também mais pesado que a água. Ideal para utilização em escotas e adriças de veleiros de cruzeiros (não usado em barcos a motor).

 

Cabo de polipropileno: menos resistente às ações do tempo, mais leve que a água e mais barato que os demais citados acima. Indicado para uso em cabo de boia circular e cabo para rebocar esquiador. 

 

Cabo de polietileno: não resistente às ações do tempo, é mais leve que a água e tem baixo custo. Recomendado para cabo de boia circular e cabo para puxar esquiador. 

 

Cabo de Aramida ou Kevlar: é uma versão do cabo de náilon, menos resistente, mais pesado que a água, porém mais caro. Indicado para escotas e adriças de veleiros de competição.

 

Gostou das dicas sobre o uso do cabo na lancha? Que tal conhecer as embarcações do estaleiro FS Yachts e escolher a sua preferida? São diversos modelos de lanchas novas e semi-novas! Venha conferir: acesse o site.