Seguro para barco: quais as vantagens e por que investir?

Compartilhe:

Manter a segurança do seu barco é um dos itens primordiais para navegar com tranquilidade. Mesmo pensando em todas as possibilidades que podem ocorrer em meio à navegação, acidentes, infelizmente, podem acontecer.

Ou seja, você pode ter organizado seu passeio alinhado à previsão do tempo, combustível e mais uma porção de coisas. Porém, o fato é: muitas situações fogem do nosso controle e a melhor saída é ter a garantia de que um seguro para barco vai te ajudar.

Como os barcos são bens de alto valor, é muito importante poder contar com um seguro de qualidade. Pois ele irá atender a todas as suas expectativas e permitir que seus momentos de lazer ou negócios sejam feitos com a tranquilidade que esse momento merece.

Pensando nisso, a FS Yachts separou para você as 4 principais vantagens de investir em um seguro para barco. Vem ver!

4 vantagens de investir em um seguro para barco

  1. Garantia de proteção

O seguro para barco garante que, em imprevistos como furto, roubo ou danos, a sua embarcação estará protegida, esteja você em posse do barco ou não.

Dependendo do pacote a ser contratado, fica garantido até mesmo auxílio nos processos de colocação. Assim como a retirada da embarcação da água, assim como transporte para o veículo em terra.

Além disso, outro ponto importante é que, em caso de acidentes, existe a vantagem para proteção. Até mesmo em caso de perda total, além do amparo de assistência e salvamento da embarcação.

Enfim, seja um momento de lazer no barco, seja a negócios, garantir que haverá segurança e estabilidade será sempre a melhor opção para você, sua família e afins.

Em média, o seguro de uma embarcação nova chega a aproximadamente 1% a 2% do valor total do barco. A depender do material do casco, região onde o mesmo navega, o tipo de embarcação, seu tamanho, ano de fabricação e outros detalhes, que serão todos discutidos e alinhados com a sua seguradora.

Dessa forma, você pode ter certeza: comparado ao montante do seu barco, o valor do seguro valerá a pena!

  1. Tipos de seguro que se ajustam às suas necessidades

Primeiramente, existem diversos tipos de cobertura de seguros, que cobrem, por exemplo, a perda total, naufrágio, remoção de destroços, colisão ou roubo. O custo vai depender de alguns fatores, sendo eles o tamanho da embarcação, o material do casco, tamanho, o ano de fabricação e muito mais. 

Para cada tipo de cobertura existem regras e responsabilidades. Por conta disso, uma comunicação clara e assertiva com a sua seguradora é muito importante. Seja das coberturas mais amplas ou mais específicas, temos certeza que você encontrará a melhor possibilidade de seguro.

Ao contratar uma empresa para realizar o seguro do seu barco, é interessante garantir que sua experiência seja comprovada no mercado. Faça sua busca consultando o site da empresa, a fim de evitar problemas futuros.

Também é importante analisar com cuidado os relatórios da sua embarcação. Fique atento aos detalhes para que tudo o que você precisar esteja incluso na sua apólice de seguro. Não deixe de tirar todas as suas dúvidas em relação às cláusulas contidas no contrato. E verifique sempre todos os equipamentos e segurança para o seu barco.

  1. Segurança na prática recreativa e em competições

Em atividades como a pesca ou participação em regatas, os possíveis danos ocorridos durante a ação, incluindo os reparos, normalmente ficam garantidos. Essa vantagem te proporciona tranquilidade caso o seu barco precise de algum reparo. 

Já imaginou que um momento recreativo pode virar um grande pesadelo quando algo sai do planejado? É justamente pensando nisso que existem seguros que proporcionam a estabilidade de viver seus dias sem preocupações a mais. 

Ou seja, faz-se necessário a escolha de um plano que inclua opções que se adequem às suas necessidades.

  1. Segurança em posse de terceiros

Caso você costume disponibilizar seu barco para locação, tendo assim mais uma possibilidade de dano em posse de outras pessoas, fica assegurado que ele estará protegido. Assim, você tem menos uma preocupação para o seu dia a dia.

É importante destacar que, em caso de locação, todos os detalhes devem ser informados para a sua seguradora antes de fechar qualquer pacote. Assim, você assegura que todas as suas necessidades serão preservadas.

Em suma, dispor de um seguro para barco pode te livrar de muita dor de cabeça e te salvar de um grande prejuízo. Com as vantagens destacadas hoje, você tem muito a levar em consideração.

Não deixe de analisar suas necessidades para escolher o melhor seguro. Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a FS Yachts e nós iremos respondê-lo!

Guia de Seguro Náutico: entrevista com RKR Seguros

Compartilhe:

Imagine o seguinte cenário: você conferiu a previsão do tempo e escolheu o melhor dia para a navegação, deixou separados todos os itens que precisam ser levados em um passeio de barco, calculou o quanto de combustível será necessário para o passeio e se preparou para prevenir e combater o enjoo em alto mar. Você está 100% pronto. Contudo, por mais preparado que se esteja, acidentes acontecem, e nós nunca sabemos quando. Numa hora dessas, independente das medidas que tenham sido tomadas, somente um seguro náutico poderá ajudar.

Assim como o equivalente para os automóveis, o seguro náutico é um plano de assistência a embarcações e seus passageiros, garantindo ressarcimento dos prejuízos no caso de acidentes e até roubos. Mesmo com o conhecimento e prática de todas as sinalizações e manobras para contornar situações de perigo, contratar um seguro náutico continua sendo a melhor precaução para navegar com tranquilidade.

Ainda que o plano básico de seguro náutico costume cobrir eventos como roubo, perda total, naufrágio e colisão, existem certos aspectos que exigem coberturas mais amplas ou mais específicas, além, é claro, de comunicação clara com a seguradora.

Foi pensando nisso que a FS Yachts trouxe este guia para você hoje. Após uma longa e esclarecedora conversa com Rudney, sócio da RKR Seguros, especializada em seguros náuticos, reunimos os 4 principais pontos para dar maior atenção na hora de fazer um seguro náutico. Se você já entendeu a importância deles e quer tirar suas dúvidas, leia mais abaixo!

 

Seguro Náutico: os 4 pontos destacados pela RKR Seguros

 

1. Quais coberturas ter?

Segundo Rudney, as coberturas para o casco, motor e rabeta do motor são indispensáveis. Ele ainda explica que, no caso de colisão com uma pedra, é possível que somente a rabeta seja danificada, sem afetar o motor e o casco, algo que justifica a importância da sua cobertura.

Além disso, é essencial ter um seguro com cobertura para remoção de destroços. Isso porque em acidentes graves, quando a embarcação afunda, a Marinha exige que a remoção dos destroços por parte do proprietário. Quando não assegurado, tal operação pode custar de 20 a 40 mil reais.

Por fim, quando tratamos de veleiros, não esqueça de incluir a cobertura para o mastro e para as velas.

 

2. Transporte Terrestre

Ainda falando de coberturas, temos aqui um dos outros exemplos mais significativos. Se o seu barco não ficará abrigado em marina, você precisará de uma carreta rodoviária para transportá-lo quando quiser navegar. Neste caso, não deixe de incluir no seu seguro a cobertura para transporte terrestre. Assim, você estará protegido de qualquer acidente que possa ocorrer ao transportar a embarcação em rodovias.

No entanto, o tamanho máximo que uma embarcação pode ter para usufruir essa cobertura é 23 pés. Como já citamos em nosso texto sobre os tipos de carretas, embarcações maiores não podem transitar em carretas rodoviárias.

 

3. Legislação

É importante destacar que o seguro só fará o pagamento se todos os aspectos estiverem dentro da lei. Um exemplo que Rudney ressalta é a habilitação do marinheiro responsável. Ele precisa, obrigatoriamente, comprovar que é habilitado para navegar na região onde o acidente aconteceu.

Se a sua carteira (ou do marinheiro que o acompanha) é de arrais amador e o acidente foi na Ilha do Arvoredo, Florianópolis, o seguro não tem a obrigação de cobrir. A Ilha não está dentro do limite enquadrado para a categoria.

 

4. Tipos de navegação

Por último, trouxemos um detalhe que costuma ser esquecido por muitas pessoas. Trata-se do tipo de navegação que estava sendo feita no momento do acidente. Dependendo da finalidade da utilização do barco, será necessário um seguro diferente.

Por exemplo: se você usa a embarcação para transporte de passageiros, charter ou aluguel, precisará de um seguro específico para uso comercial. Se irá participar de uma regata ou outra atividade competitiva, a seguradora deve ser informada. Caso contrário, é possível que você não esteja coberto no dia do evento.

 

Contar com um seguro náutico é uma das medidas que pode o salvar de um grande prejuízo. Com os pontos destacados hoje, você já sabe o que deve ser considerado quando for escolher o seu. Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a FS Yachts e nós iremos respondê-lo!