6 dicas importantes para melhorar seu desempenho na pilotagem do barco

Compartilhe:

Você pode ser um bom piloto, mas sempre dá para melhorar, não é mesmo? Para pilotar uma embarcação é preciso muita atenção e alguns macetes que podem fazer toda a diferença na hora da prática. Para que você aprimore ainda mais sua navegação, a FS Yachts separou 6 dicas importantes para melhorar seu desempenho na pilotagem do barco. Confira a seguir! 

 

Principais dicas para melhorar seu desempenho na pilotagem do barco 

 

Cada pessoa tem seu modo de pilotar, assim como em outros meios de transporte a prática acaba trazendo “manias” ao piloto. Mas existem algumas medidas que precisam ser respeitadas para além de assegurar o bom funcionamento da embarcação, garantir a segurança de todos os tripulantes durante o passeio.

Por exemplo, pilotos que têm o perfil de uma pilotagem mais agressiva, geralmente exigem mais do barco, precisando assim de uma atenção redobrada na hora de realizar as manutenções e revisões. Já pilotos que têm uma direção mais defensiva e não exigem tanto da embarcação ficam com a vantagem de desgastar menos as peças e o motor da lancha.

 

  • Pré-pilotagem

 

A primeira dica para melhorar seu desempenho na pilotagem do barco começa antes mesmo de iniciar seu passeio com ele. Antes de utilizar sua embarcação, é interessante deixar o motor ligado por pelo menos cinco minutos, para que o óleo aqueça até chegar na temperatura correta. 

Outra dica, já para o final da viagem, é que antes de desligar o motor, deixar a embarcação em marcha lenta por cinco minutos novamente. Assim a temperatura do sistema pode voltar ao normal e manter o efeito lubrificante do óleo. 

 

  • Revisão na embarcação

 

Mais uma dica válida para que seja colocada em prática para melhorar seu desempenho na pilotagem do barco é fazer uma revisão rápida de rotina na embarcação. Os cabos de comando do timão e do motor ao ficar muito tempo parados, precisam ser lubrificados antes de um novo passeio, por exemplo.

Além disso, é preciso verificar também os níveis de óleos do motor e os itens de segurança da lancha: boia salva-vidas, colete salva-vidas, extintores de incêndio, pirotécnicos, kit de primeiros socorros, detectores de gás, entre outros.   

 

  • Experiência é uma boa ferramenta de navegação

 

Sabemos que a experiência só se adquire com a prática, mas existem outras formas de aprimorar seus conhecimentos sobre o mundo náutico e suas peculiaridades. Aproveite toda e qualquer oportunidade de obter informações relevantes sobre pilotagem, sejam elas a partir de estudos, como de conselhos e dicas de navegadores mais experientes. Afinal, conhecimento nunca é demais

 

  • Lembre-se: o motor da embarcação é o comandante

 

Se tem uma peça da embarcação que você deve conhecer bem e respeitá-la é o motor. É ele quem comanda o bom funcionamento da lancha e que pode lhe causar sérios problemas durante uma viagem quando não é bem cuidado. 

Existem alguns macetes para quando o motor manifesta algum tipo de problema, como, por exemplo, em caso de superaquecimento do motor de popa. Para isso, você deve engatar a ré e acelerar por meio segundo, assim vai eliminar qualquer coisa que estiver obstruindo a refrigeração do motor. 

É indicado também que você não desligue o motor assim de repente, em caso de dúvida, deixe-o em marcha lenta. E no caso da refrigeração em um motor de popa, uma regra prática é colocar a mão na saída de água, se tiver quente a ponto de doer a mão significa que o motor está quente demais. Logo, se possível, o indicado é parar para evitar problemas maiores.  

 

  • Preservando o motor

 

Algumas dicas são valiosas para preservar o bom funcionamento do motor e também para melhorar seu desempenho na pilotagem do barco: como evitar acelerar bruscamente nas curvas fechadas para não forçar demais a rabeta do motor. E assim como não é indicado engatar ou desengatar o motor de maneira brusca em direções opostas, porque essa ação força demais as engrenagens da rabeta. 

 

  • 10 mandamentos de segurança no mar

 

Por último e não menos importante, uma das principais dicas para melhorar seu desempenho na pilotagem do barco é seguir os 10 mandamentos de segurança no mar. Que se você ainda não conhece, esse é o momento certo de aprender. 

A marinha brasileira elaborou os 10 mandamentos de segurança no mar, que deve ser seguido por todos os pilotos de forma a preservar sua segurança e dos outros tripulantes. Você pode conferir nosso conteúdo exclusivo sobre o tema, em que abordamos todos os mandamentos. Clique aqui para saber mais. 

 

E agora, já está pronto para melhorar seu desempenho na pilotagem do barco? Com todas essas dicas a prática vai ficar mais fácil, pode ter certeza! Se você gostou de mais este conteúdo sobre o mundo náutico, pode conferir muito mais em nossas redes sociais, siga a FS Yachts no Facebook e Instagram.

Confira quais são os 10 mandamentos de segurança no mar

Compartilhe:

Barcos, lanchas, iates – sempre que falamos em embarcações, o primeiro conceito a ser lembrado é: diversão. Mas, o que é ainda mais importante do que a diversão, é garantir que ela seja desfrutada com toda segurança. A Marinha do Brasil, sendo responsável pela segurança nas águas brasileiras criou os 10 mandamentos de segurança no mar. O que é destaque no texto de hoje da FS Yachts. Veja! 

 

Assim como existem regras, normas e orientações a serem seguidas em veículos aéreos e terrestres – também existem para os veículos marítimos. Orientações essas que devem ser seguidas para garantir a proteção de todos os envolvidos. 

 

10 mandamentos de segurança no mar são: 

 

 

  • Faça a manutenção correta da sua embarcação

 

A manutenção preventiva da embarcação deve estar sempre em dia, esse é um dos mandamentos de segurança no mar primordiais para um bom funcionamento da lancha. Assim é possível prevenir que não aconteçam imprevistos durante um passeio, que possam trazer sérios problemas para a tripulação. Para isso é importante que essa manutenção seja realizada por profissionais qualificados. Portanto, nada de improvisos, ok.  

 

 

  • Tenha a bordo o material de salvatagem prescrito pela Marinha do Brasil

 

É imprescindível que todo barco tenha a bordo o material de salvatagem necessário no caso de alguma emergência. Materiais como boia salva-vidas, colete salva-vidas, extintor, pirotécnicos, kits de primeiros socorros, detectores de gás, entre outros, são os principais.  

 

 

  • Respeite a lotação da embarcação e tenha a bordo coletes salva-vidas para todos os tripulantes

 

Esse mandamento de segurança no mar é um dos essenciais a serem seguidos. Todas as embarcações têm um número limite de passageiros, logo esse limite deve ser respeitado para a segurança de todos. E é preciso também que existam coletes salva-vidas suficientes para todos que estão a bordo, lembrando que para crianças menores de 12 anos e adultos maiores de 65 anos o uso do colete é altamente recomendado 

 

 

  • Mantenha os extintores de incêndio em bom estado de conservação e dentro da validade

 

Além da manutenção preventiva, uma vistoria deve ser feita antes de qualquer viagem, para verificar se todos os itens necessários estão a bordo. E um desses produtos que precisam de atenção são os extintores de incêndio, que devem estar dentro da data de validade, caso seja preciso o seu uso.

 

 

  • Ao sair, informe o seu plano de navegação ao seu iate clube, marina 

 

Nunca realize uma viagem sem comunicar seu iate clube ou a marina, imprevistos podem acontecer e para a sua segurança e da tripulação, é importante que seu passeio esteja registrado. Além disso, leve sempre a bordo equipamentos de comunicação como celulares e rádios para não perder contato, se necessário. 

 

 

  • Conduza sua embarcação com prudência e em velocidade compatível para evitar acidentes

 

O piloto se torna responsável por toda a tripulação e para manter a proteção de todos é extremamente importante respeitar o limite de velocidade da embarcação e das áreas de navegação. 

 

 

  • Se consumir bebida alcoólica, passe o barco para alguém habilitado e que não tenha consumido bebida alcoólica

 

Boa parte dos acidentes marítimos acontecem com pilotos embriagados, muitos infelizmente ainda não entendem a gravidade de consumir bebida alcoólica e pilotar. Por isso, quando consumir bebida alcoólica, não insista em pilotar. 

 

 

  • Mantenha a distância de 200 metros da linha base das praias e dos banhistas

 

Respeitar a distância correta da linha de base das praias e dos banhistas é outra dica fundamental para garantir que não aconteçam graves acidentes entre embarcações e banhistas. 

 

 

  • Respeite a vida, seja solidário, preste socorro

 

Prestar socorro é mais um dos mandamentos de segurança no mar. É importante que todos se ajudem, principalmente em caso de incidentes, o socorro precisa ser prestado o mais rápido possível – tanto para pessoas da sua própria tripulação, como as de embarcações desconhecidas.

 

 

  • Não polua o mar

 

Por último e não menos importante, um dos mandamentos de segurança no mar é em defesa do meio ambiente. Que nos permite navegar e apreciar lindas paisagens e viver novas experiências, nós precisamos cuidar do mar e da natureza como forma de agradecimento e respeito. Podemos fazer a nossa parte em pequenas atitudes. 

 

Agora você já conhece as principais orientações para navegação marítima e conhece também os 10 mandamentos de segurança no mar. Navegar pelas águas do nosso país ficou muito mais fácil, não é verdade? Quer receber mais conteúdos como esse? Se tem, siga nossas redes sociais: Facebook e Instagram e fique por dentro das novidades da FS Yachts.