3 dicas para evitar o vazamento de óleo da rabeta

Compartilhe:

Uma embarcação necessita de manutenção periódica para que possa manter seu bom funcionamento e assim evitar possíveis problemas técnicos. Por isso, hoje vamos falar sobre parte dessa manutenção, que deve ser feita em uma das principais peças da embarcação: o motor. Vamos aprofundar o assunto para o vazamento de óleo da rabeta e quais os cuidados precisam ser tomados para que isso não aconteça. 

Boa leitura!

A importância do motor da embarcação 

Pode-se dizer que o motor é o coração da embarcação, é ele que influencia nas principais características do barco, como, por exemplo: a velocidade, a estabilidade, a potência, a força – além de dar suporte para o bom funcionamento de muitas outras peças. 

Existem quatro tipos de motores de barcos, são eles: motor centro rabeta, motor de popa, motor de centro com eixo e motor hidrojato – os mais utilizados são os dois primeiros citados, e a principal diferença entre eles é o design e a potência. 

Por ser uma peça tão fundamental em uma embarcação, os cuidados com o motor devem ser redobrados. E um problema comum que pode ocorrer e ocasionar diversas complicações ao seu barco é o vazamento de óleo da rabeta. 

O vazamento de óleo da rabeta pode prejudicar e muito o bom funcionamento da embarcação, principalmente porque ele afeta diretamente o motor. Temos um texto exclusivo em nosso blog, recomendando 4 maneiras de manter o motor da sua embarcação bem conservado: clique aqui para conferir o conteúdo na íntegra.

3 dicas para evitar o vazamento de óleo da rabeta

Utilizar óleo de boa qualidade 

Não é à toa que essa é a primeira dica de como evitar o vazamento de óleo da rabeta, afinal utilizar um óleo de boa qualidade já reduz pela metade o risco de surgirem problemas técnicos no motor da embarcação. 

O óleo náutico é um dos componentes mais importantes de um barco, por isso que para cada motor as especificações do tipo de óleo são diferentes. O óleo da rabeta tem como função principal lubrificar as engrenagens que são responsáveis por fazer o hélice do barco girar. 

Por esse motivo, é essencial optar por um óleo de boa qualidade e que atenda as especificações do motor e da própria embarcação. A escolha de um produto de má qualidade pode acarretar em sérias consequências prejudiciais às peças, como, por exemplo, o vazamento de óleo da rabeta. 

Examinar a rabeta e suas peças 

Outra forma de evitar o vazamento de óleo da rabeta, é sempre que possível examinar a rabeta do barco e suas peças fundamentais. Observe se elas não apresentam rachaduras, partes amassadas, quebradas, de coloração diferente, anéis ou parafusos soltos e frouxos. E, principalmente, se não estão com linhas de pesca enroladas no hélice, afinal as linhas podem danificar o selo e assim causar o vazamento do óleo. Com essa revisão preventiva, você pode estar evitando danos maiores à sua embarcação.

De preferência faça essa revisão sempre antes de iniciar qualquer viagem a bordo, assim você não corre o risco de ter uma surpresa desagradável durante seu passeio de barco. 

Manter a manutenção periódica 

Como citamos no início do texto, o barco precisa de uma manutenção periódica para manter seu bom funcionamento. E essa é uma das principais recomendações quando se trata de qualquer assunto que envolve peças e equipamentos náuticos. 

Essa manutenção periódica precisa ser seguida à risca, ela não deve ser estendida ou deixada de lado, pois é através dela que você consegue monitorar e garantir o bom funcionamento da sua embarcação. 

E, além do mais, essa manutenção deve ser feita por uma empresa responsável e de confiança, que entenda muito bem do assunto e possa prestar toda a assistência necessária. 


Se você gostou deste conteúdo, siga as nossas redes sociais: Facebook e Instagram e fique por dentro de todas as novidades do mundo náutico e das lanchas FS Yachts.