6 dicas fundamentais para comprar a primeira lancha

Compartilhe:

Comprar a primeira lancha, com certeza, é um dos sonhos de grande parte dos brasileiros, em especial aqueles que adoram sair pelos mares para conhecer as belezas do nosso litoral. Afinal, ter a disposição uma lancha sempre que quiser é sinônimo de comodidade e conforto. 

No entanto, comprar a primeira lancha não é uma tarefa fácil. É preciso muita atenção e informação para saber o modelo e marca que você mais se identifica, além do tamanho adequado e o melhor preço. Tudo isso sem contar ainda as atividades para que a lancha será usada. 

 

Por isso, se você é uma dessas pessoas que está na busca pela lancha perfeita para aproveitar os dias de descanso e lazer com a família e amigos, fique atento às dicas que a FS Yachts preparou para compra da sua primeira lancha. 

 

Principais dicas para comprar a primeira lancha 

 

1) Defina o uso 

Durante a pesquisa para saber qual embarcação comprar é necessário ter em mente o porquê você quer adquirir o barco. Entender os objetivos e finalidades ajudará a escolher a lancha mais indicada. Portanto, atente para o modelo, tamanho, valores, atividades (passeios ou esporte náutico) e quantas pessoas terá a bordo. 

 

No mercado, encontramos uma variedade de opções de lanchas que dificultam na hora de fechar negócio. Logo, tire todas as suas dúvidas sobre a embarcação com o fabricante.

 

2) Conheça os modelos 

Uma das dicas fundamentais para comprar a primeira lancha é fazer uma pesquisa para conhecer todos os modelos. Procure informações sobre suas características como, por exemplo: motor, combustível e a procedência do fabricante. Essa investigação ajudará você a não comprar um produto que pode ser um prejuízo no futuro.  

 

Vale ressaltar: ao conhecer os modelos, saiba se você deseja uma lancha com ou sem cabine. As lanchas com cabine oferecem um conforto maior, principalmente para quem navegará com crianças a bordo. Já as com proa aberta oferecem um espaço externo maior para os tripulantes durante a navegação. 

 

3) Retire a carteira náutica  

Assim como ocorre com os automóveis e motos, para pilotar uma lancha ou qualquer outra embarcação é preciso ter carteira de habilitação, mais conhecida como habilitação náutica. A carteira de habilitação náutica é a garantia de uma navegação tranquila e segura para você e as outras pessoas a bordo também.

 

Para retirar a carteira náutica é preciso seguir algumas regras – ter mais de 18 anos e carteira nacional de habilitação (CNH) ou atestado médico comprovando a plenitude física e mental. Existem 3 diferentes categorias: 

 

Arrais Amador 

A primeira categoria é a mais básica para os aspirantes a marinheiro, por isso é indicada para quem busca navegar no mar próximo da costa. 

 

Mestre Amador

Quem opta por essa categoria tem a permissão para navegar em áreas costeiras, em até 20 milhas da costa. 

 

Capitão Amador

A última categoria concede ao piloto além das informações anteriores, a  navegação em mares e oceanos, mas para isso é necessário primeiro ter a habilitação de mestre amador. 

 

4) Valores 

Para comprar a primeira lancha é preciso saber qual valor você está disposto a desembolsar para aquisição. Existem embarcações de diversos modelos e tamanhos, e essas características estão ligadas ao seu valor final. Desse modo, é preciso saber os objetivos da compra e estar ciente que o barco condiz com a expectativa esperada. 

 

Importante: Com o mesmo investimento feito na compra de uma nova lancha, você consegue adquirir um barco usado maior. Porém, deve-se acrescentar um custo de manutenção mais elevado também. 

 

5) Documentação da lancha  

Para que a lancha nova consiga navegar é preciso que ela tenha todos os documentos em dia. Caso contrário, você terá prejuízos com multas e tarifas. Sendo assim, quando fizer a compra da lancha nova, exija da empresa: 

  • Nota fiscal do motor e casco 
  • Manual do proprietário
  • Termo de responsabilidade de construção
  • Garantia  
  • Para lanchas financiadas: termo de alienação 

 

Já para as lanchas usadas são necessários os seguintes documentos: 

  • Documento da embarcação (TIE) 
  • Recibo de compra e venda
  • Em caso de alienação: contrato de desalienação e/ou carta de quitação  

 

Caso sua opção para comprar a primeira lancha seja uma usada, não deixe de conferir nosso último material rico! Nele, a FS Yachts compilou 7 pontos que você precisa saber antes de comprar uma lancha seminova. Confira o material aqui!

 

6) Onde deseja navegar 

Cada modelo de lancha é indicado para um tipo de navegação. Há embarcações que são para passeios no mar e outras para rios e lagos e outras que atendem ambas necessidades. Para o passeio ou prática de esportes no mar, as lanchas maiores são mais confortáveis. Já para lagos e rios, um barco menor pode ser a melhor opção pela praticidade e custo menor. 

 

Depois dessas dicas ficou mais fácil decidir como comprar a primeira lancha, não é mesmo? A FS Yachts conta com 11 modelos de lanchas disponíveis para você. Entre no nosso site e confira alguns deles. 

Manutenção de lanchas: quanto custa manter uma embarcação?

Compartilhe:

Na hora de comprar uma lancha, muita gente acha que, além do valor elevado de compra, essas embarcações possuem altos custos de manutenção. Tudo vai depender das suas necessidades, do tipo de embarcação e da frequência de uso, mas, geralmente, a manutenção de lanchas acaba saindo mais em conta do que os custos para manter um carro, por exemplo.

Para que você tenha uma ideia de quanto custa manter uma lancha, separamos algumas dicas abaixo sobre os principais custos envolvidos e o valor médio que você irá gastar com cada um deles.

O valor da manutenção de lanchas é variável, mas vamos tomar como exemplo uma FS 180, que custa aproximadamente 90 mil reais, e os valores gastos anualmente.

 

Documentação

Ao comprar uma lancha, é preciso fazer a documentação para garantir a posse legal da embarcação. Os gastos com documentação para uma lancha como a FS 180 gira em torno de 600 reais e cerca de 50 reais para realizar a renovação anual.

 

Seguro

O valor do seguro pode variar de acordo com o tipo de embarcação, material do casco, ano de fabricação, comprimento, dentre outros fatores. Mas, geralmente, o seguro anual corresponde a 0,5% e 2% do valor da lancha. No caso da FS 180, você pagará cerca de R$1.200 pelo seguro.

Diferente dos automóveis, a grande vantagem das lanchas é que não há cobrança de IPVA ou impostos anuais, além de o custo do seguro ser de 50% a 80% mais barato (o seguro de um carro chega a aproximadamente 4% do valor do veículo).

 

Revisão periódica

Para realizar a manutenção de lanchas corretamente é importante fazer uma revisão periódica a fim de evitar possíveis problemas que possam decorrer do mau funcionamento de uma peça. Essa revisão preventiva evita gerar gastos desnecessários para reparar danos na embarcação – que podem acabar saindo muito mais caro do que se você tivesse descoberto esse problema anteriormente – além de garantir a sua tranquilidade e segurança a bordo.

Nas revisões mecânicas são verificados itens como:

  • Filtro de gasolina
  • Filtro de óleo do motor
  • Troca do óleo de motor e óleo de rabeta
  • Arruelas do bujão
  • Anodos de sacrifício
  • Juntas da rabeta
  • Rotor da bomba d’água
  • Juntas da bomba d’água
  • O-ring de vedação do óleo de rabeta
  • Velas de ignição
  • Correia do alternador
  • Correia da direção hidráulica

Em média, para uma lancha de R$90 mil reais, o custo de cada revisão periódica sai na faixa de R$800. Lembrando que esse tipo de serviço precisa ser realizado, no mínimo, duas vezes por ano.

 

Combustível

Os gastos com combustíveis são um pouco mais complexos de se prever, pois variam muito de acordo com a frequência em que a lancha é utilizada. As lanchas de até 36 pés geralmente são equipada com motores gasolina, e a partir deste tamanho, são mais comuns as embarcações com motores à diesel.

O preço do combustível também varia muito de local para local. Se você deixar sua lancha ancorada em uma marina, o preço pode ser um pouco mais alto devido à conveniência do posto.

A regra geral é, ao utilizar a embarcação o dia inteiro para passear, o motor permanecerá ligado por aproximadamente 2 horas no dia. Isso se deve ao fato de que passamos a maioria do tempo com o motor desligado. As exceções são quando a embarcação é utilizada para fazer muito wakeboard, já que o motor fica ligado constantemente, e viagens litorâneas.

No caso da FS 180, o consumo de combustível é de 13 litros por hora, sendo que a média nacional é de 50 horas de uso por ano. Em média, você gastará em torno de R$3.000 anualmente para abastecer sua embarcação.

 

Marina

A marina é mais um dos custos de manutenção de lanchas, mas nem sempre os proprietários de embarcações optam por esse serviço. Se você deixar sua lancha em uma marina, esse será o gasto mais alto que você terá. Por isso, se quiser economizar, vale a pena tentar guardar o barco em sua casa ou rancho e transportá-lo com uma carreta rodoviária quando for utilizar.

O aluguel anual de uma vaga para uma lancha como a FS 180 sai por volta de R$8.500, mas a conveniência e o conforto de ter o barco prontamente disponível sempre que quiser usar geralmente compensa  o investimento.

 

Somando tudo

Portanto, caso você deixe a embarcação em uma marina, os custos de manutenção totalizam cerca de 10% a 15% do valor do barco, por ano. Na FS 180, por exemplo, fica na faixa de R$14.000 ao ano, ou R$1.200 ao mês.

Caso pretenda guardar a embarcação em sua propriedade particular, os custos da manutenção de lanchas caem para 5% a 10% ao ano, ou seja, por volta de R$5.000 anuais ou cerca de R$420 por mês, no caso da FS 180.

Antes de fechar negócio é importante pensar em todos os custos envolvidos na manutenção de lanchas para que você tenha certeza que os gastos não irão comprometer suas finanças. É importante conversar com um especialista para esclarecer todas as questões e ter total entendimento dos gastos necessários.

 

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco. E não deixe de nos seguir no Facebook e Instagram para acompanhar nossas dicas, novidades e promoções.