Blog

Regras de trânsito na água: entenda como ter um passeio seguro

Compartilhe:

Você já ouviu falar sobre as regras de trânsito na água? Pois bem, assim como os automóveis, as embarcações também possuem normas para navegação. Elas são as responsáveis por deixar o “trânsito” no mares, rios e lagoas mais seguro, proporcionando um passeio tranquilo e divertido para você, sua família e amigos.

No dia a dia estamos acostumados às regras de trânsito, especialmente com as placas indicando as direções que devemos seguir em ruas, avenidas e estradas. O papel principal delas é auxiliar para que o trânsito seja o mais prudente possível e para que nós, como motoristas, nos portemos de forma civilizada.

No mar a situação não é diferente. Apesar de não contar com a mesma quantidade de automóveis que temos em terra, as lanchas, barcos e jet ski são constantes nas águas, especialmente no verão, finais de semana ou feriados.

Portanto, saber qual comportamento devemos seguir em alguns casos é fundamental para um passeio seguro. Logo, para retirar todas as suas possíveis dúvidas sobre quais são as regras de trânsito na água, a FS Yachts preparou esse post.

 

Confira as principais normas estabelecidas pelo Regulamento Internacional para Evitar Abalroamento no Mar (RIPEAM) abaixo! 

 

3 importantes regras de trânsito na água 

 

1. Velocidade 

Por não haver o trânsito constante de barcos, é comum que a velocidade das embarcações enquanto navegam seja um pouco maior. Por isso, não há um limite pré-estabelecido de velocidade máxima na navegação. 

A não ser nos canais, próximos a marinas, onde a velocidade máxima permitida geralmente não ultrapassa 10 nós (18km/h) e na bacia de manobras cerca de 5 nós (9km/h). 

Porém, isso não significa que não há a necessidade de ter cautela. Nesse caso, fica a cargo do condutor a responsabilidade de não navegar em alta velocidade, sempre respeitando o limite seguro para que nenhum incidente aconteça. 

O mar apresenta suas peculiaridades, portanto é importante evitar uma velocidade maior, que gere marolas diante dos outros barcos, pois elas podem causar danos ou até mesmo fazer com que as embarcações menores virem. Além disso, pode ser desconfortável e também um pouco inseguro, principalmente com o mar agitado.

Outra dica é manter uma velocidade média em dias de chuva e à noite, quando há pouca visibilidade. Desta forma, o cuidado precisa ser redobrado. 

 

2. Preferência 

As regras de trânsito na água também contam com dicas de preferência para passagem, mas, nesse caso, quando os barcos correm risco de colisão. Aqui, as normas de preferência são conforme os fatores do tamanho do barco, velocidade e o local de navegação

Claro que, a regra básica neste item é: embarcações mais rápidas desviam sempre de algum risco de colisão. Por exemplo, um veleiro e uma lancha estão na mesma direção, para evitar que um acidente aconteça, é mais prático que a lancha desvie, pois ela é ágil e possui mais motor de potência que um veleiro. 

Já quando há dois barcos iguais, como duas lanchas, que se aproximam em sentido cruzado, a embarcação que estiver no sentido boreste (lado direito) tem a preferência, tendo a outra que fazer um desvio de rota. No entanto, quando as lanchas estão em sentido contrário, ambas devem guinar para boreste. 

 

3. Aviso sonoro 

O uso de buzina nos barcos também faz parte das regras de trânsito na água. Geralmente para avisar sobre alguma manobra. Abaixo os exemplos: 

  • 1 apito curto (o barco vai virar para direita) 
  • 2 apitos curtos (o barco vai virar para esquerda) 
  • 3 apitos curtos (marcha ré) 
  • 1 apito longo (para fazer curva)
  • 2 apitos longos e 1 curto (barco vai ultrapassar o outro pela direita) 
  • 2 apitos longos e 2 curtos (barco vai ultrapassar pela esquerda) 
  • 1 longo (é usado em caso de nevoeiro) 

 

Agora que você já sabe quais as principais regras de trânsito na água, ficou mais fácil navegar com segurança pelas águas que deseja, não é mesmo?

Siga a FS Yachts no Facebook e Instagram e continue acompanhando nossas novidades!

(48) 3279-7333 De segunda a sexta das 09h00 as 18h00.
Rua Cecília Maria José de Azevedo, n° 210 - Mar das Pedras – Biguaçu/SC