FS 265 Solaris

Um lançamento FS Yachts

A mais nova embarcação da FS Yachts surpreende desde seu lançamento. A inovação em suas linhas externas, e o primoroso acabamento interno deixa evidente que essa lancha veio para ficar.

Proa aberta

A arrojada proa aberta da FS 265 Solaris acomoda até 5 pessoas sentadas. Com amplas caixas laterais, acabamento requintado, acesso facilitado ao paiol de âncora, e a qualidade característica da FS Yachts, o espaço a bordo da FS 265 Solaris vai lhe surpreender.

Especificações Técnicas

Categoria

Tipo de embarcação: Cabinada
Categoria: Lancha de uso recreativo e passeio
Estaleiro: FS Yachts
Local de fabricação: Biguaçu – Grande Florianópolis/SC

Motorização

Tipo: Motorização centro-rabeta
Potência mínima: 170hp
Potência máxima: 320hp
Combustível: gasolina ou diesel
Consumo médio em cruzeiro: 25 a 35 litros / hora

Dimensões

Comprimento: 8,10m
Boca/largura máxima: 2,65m
Altura na carreta (com targa): 3,30m
Calado: 0,45m
Peso do casco (sem motorização): 1.600kg

Capacidades

Capacidade de combustível: 220 Litros
Capacidade de água doce: 100 Litros
Capacidade de pessoas (dia): 1+11

Consumo estimado da FS 265 Solaris com o motor de melhor relação custo/benefício: MerCruiser 4.5L 250HP (considere a velocidade ideal de cruzeiro entre 2.500 a 3.500rpm):

Itens de Série

Casco & Convés

Caixas laterais revestidas em Deck E.V.A. c/ porta-copos e pega-mão
Lixeira no acesso ao cockpit
Painel do piloto
Paióis sob os assentos do cockpit
Paiol de âncora na proa
Paiol de boreste
Pára-brisas em alumínio e vidro
Plataforma de mergulho integrada ao convés
Porta de acesso ao cockpit Inox
Targa em fibra de vidro

Hidráulica & Elétrica

Abastecimento externo de água doce
Abastecimento externo de combustível
Chave Geral p/ Bateria
Chuveiro na popa
Interruptores no painel
Luz de top
Luzes de cortesia no cockpit
Luzes de navegação laterais
Painel elétrico e chicote 12v
Tanque de água doce 100 litros
Tanque de combustível 220 litros

Banheiro

Caixa servida c/ bomba de porão 750gph
Ducha higiênica
Lixeira em acrílico
Pia em acrílico c/ torneira cascata
Vigia lateral c/ abertura
WC Elétrico

Ferragens

Carrinho de âncora Inox
Cunhos Inox (6)
Escada de popa 3 degraus Inox
Guarda-mancebos Inox na proa
Suporte para defensas na popa
U-Bolts (3) Verdugo em Inox

Sala de máquinas

Dinet com amortecedores
Isolamento termoacústico completo

Espaço gourmet na plataforma

Geleira laminada com Isolamento Térmico
Pia c/ torneira retrátil
Tampas revestidas em almofadas courvim
Espaço para churrasqueira embutida

Estofamento em courvim antimofo cockpit

Almofada de proa
Banco do piloto retrátil e giratório
Mini solário na popa acima do espaço gourmet
Sofá e assentos no convés e na proa

TESTE FS 265 SOLARIS

Revista Náutica ed. 353

TESTE FS 265 SOLARIS
REVISTA NÁUTICA

Acabamento esmerado, cockpit espaçoso e bom conjunto casco e motor são os pontos fortes da versão esportiva desta lancha da FS Yachts.

VERSÃO QUENTE
Proa aberta, targa arrojada e desempenho acima da média são os ingredientes da nova FS 265 Solaris Sport.

Derivada da FS 265 Element – lancha de proa fechada da catarinense FS Yachts -, a nova FS 265 Solaris Sport difere da sua “irmã” pela ausência da cabine, substituída pela proa aberta, o que agregou mais espaço no cockpit, com acomodação para oito pessoas sem aperto. Apesar da proa aberta, ela tem um banheiro a bombordo, que embora tenha 1,35m de altura, não exige sacrifício na hora do uso: parte do piso do corredor pode ser levantada, dando acesso a um degrau, de maneira que se pode entrar e sair sem bater a cabeça.
Além disso, vem com espeço gourmet na popa, com churrasqueira, pia e caixa de gelo, itens que os usuários, é claro, adoram. Tudo isso com o bom acabamento já tradicional da FS Yachts, característica que ficou ainda melhor na versão Sport, que além da targa de alumínio, vêm com o motor Mercruiser V6 4.5 de 250hp a gasolina acoplado à rabeta Bravo 3, de hélices contrrrotantes, que proporciona melhor desempenho que a rabeta Alpha One, mono-hélice. Comando eletrônico, painel LCD e som completamente o pacote Sport, que acrescenta R$37 mil ao apreço da versão de proa fechada. Co isso, a FS 265 Solaris custa cerca de R$234 mil. Mas vale a pena pagar essa diferença, uma vez que se trata de uma lancha ianda mais elegante e com mais tecnologia que a versão de entrada.

COMO ELA É
A FS 265 Solaris Sport tem um arranjo que agrada a quem procura por uma lancha de proa aberta com espaço para levar a família e alguns convidados em passeios diurnos por águas parcialmente abrigadas, com a opção de praticar esqui e wakeboard. Sua grande plataforma de popa, com 77 centímetros de comprimento, cumpre bem a função de servir de apoio para entrar e sair da água e ainda levar um pequeno bote de apoio. Está integrada ao espaço gourmet, com minicozinha, caixa térmica, pia e lugar para uma churrasqueira a carvão. Ao lado do corredor de entrada, no outro bordo, há uma providencial cristaleira, móvel com copos e taças que vêm com a lancha, como itens de série, assim como a mesa de centro removível. No cockpit, com os três sofás na parte de trás (o maior, a bombordo, serve como espreguiçadeira), até 7 adultos podem se sentar confortavelmente em volta da mesa. O banco do piloto gira para a praça de popa, o que facilita a convivência a bordo. Na proa há lugar para mais quatro pessoas. O banheiro tem porte compatível com o tamanho do barco. Além de ser ventilado naturalmente por uma vigia, conta com um truque inteligente para aumetar o pé-direito: acionando-se um botão, parte do piso do corredor, pode ser levantado automaticamente, dando acesso a um degrau, de maneira que se pode entrar e sair sem bater a cabeça e sem fazer exercício de agachamento.
No painel de comando, o piloto tem acesso aos seis instrumentos do motor, bem como um eletrônico multifunção (gps e sonda) com tela de até 7 polegadas, além da bússola e quadro de disjuntores. Como há um monitor para informar dados sobre o motor, um pequeno eletrônico de navegação foi instalado logo à frente do comando. Seria interessante também se houvesse canaletas para a captação da água que possa passar junto aos estofados no momento de se lavar o barco com água doce. Caso contrário, essa água pode atingir os objetos guardados no paióis existentes sob os sofás do cockpit. São pequenos detalhes, facilmente corrigíveis, e que não afetam o resultado final de uma lancha que, de resto, tem tudo o que se espera de um barco dessa categoria, da construção ao acabamento. E que ainda vem de fábrica bem equipada.

MAIS ESPAÇO
A proa é sexatavada, em vez de bicuda, uma característica das lanchas FS Yachts. Dois alto-falantes e quatro porta-copos deixam o ambiente ainda mais aconchegante.

BEM EQUIPADA
O dono pode encomendar a instalação de um guincho elétrico para a âncora, já que o paiol do ferro da FS 265 Solaris vem preparado para isso. O banheiro tem acesso bem prático e tamanho compatível com o porte da lancha.

FALTA INSTALAR
No paiol à meia-nau falta uma antepara na frente do motor para evitar que objetos deixados no espaço existente entre o motor e o tanque de combustível corram o risco de chegar às correias, causando um grande estrago.

TARGA INVOCADA
O grande destaque visual da versão Sport é a targa importada de alumínio que dá um charme a mais ao barco.

NOS DETALHES
Alto-falantes, pegadores e porta-copos são itens de série da FS 265 Solaris, assim como o bem-acabado revestimento de EVA imitando madeira.

ESPAÇO GOURMET
Na popa, um móvel abriga liexeira, caixa térmica, pia e lugar para uma churrasqueira a carvão.

ÚTIL E PRÁTICO
Os projetistas da FS yachts reservaram um lugar na popa, junto à alheta de bombordo, para acomodar três defensas.

NO PONTO CERTO
A FS 265 Solaris Sport tem uma relação interessante entrega navegabilidade, estabilidade e desempenho, graças, especialmente ao casco e à rabeta Bravo 3 de hélices contrarrotantes.

TODOS JUNTOS
Há a opção de instalar uma mesinhas no centro do cockpit, enquanto que o banco do piloto gira, para aumentar a interação a bordo.

BRANCO NO PAINEL
O painel é arrojado, mas o branco atrás da bússola causa reflexos no para-brisa, o que pode atrapalhar a navegação.

NÃO HÁ O QUE RECLAMAR
O acesso ao motor é facilitado pela boa abertura que a tampa deste paiol oferece.

BEM CÔMODA
A proa pode receber até cinco pessoas sem aperto.

COMO NAVEGA
Equipada com casco de V moderado, com 16 graus na popa (o mesmo da versão de proa fechada), a FS 265 Solaris Sport tem uma relação interessante entre navegabilidade, estabilidade e desempenho. Basicamente, ela usa o mesmo motor da FS 265 Element: um Mercruiser V6 a gasolina, de 4,5 liros e 250 hp. Porém, neste modelo de proa aberta, o motor está acoplado a uma rabate com hélices contrarrotantes, enquanto na lancha cabinada, que testamos anteriormente, a rabeta era comum, com um hélice. Com essa configuração, a FS 265 Solaris teve performance superior, tanto no teste de aceleração (foi da marcha lenta aaos 20 nós em 6 segundos, contra 7,4 segundos da FS 265 Element), como na velocidade final, que foi de 38,6 nós, contra 35,6 nós do motor com rabeta comum. De acordo com o estaleiro, não há diferença de peso entre as duas versões, o que significa que o melhor desempenho da lancha de proa aberta deve-se exclusivamente à rabeta Bravo 3 de hélices contrarrotantes. A lancha aceita motorização mais potente: um V8 a gasolina de 300hp. Mas este upgrade só vale a pena para quem costuma sair com o barco muito carregado.
Em relação à autonomia, o melhor regime de rotação do motor foi a 3.000 rpm, na velocidade de 20 nós. Aí, ela pode navegar 142 milhas sem reabastecer, em águas calmas e com dois adultos a bordo. Já com o contagiros em 3.500rpm, a velocidade sobe para 26,1 nós e o alcance reduz somente duas milhas, uma diferença desprezível. Durante esse teste, o casco se comportou bem, dentro dos padrões esperados para uma lancha de passeio desse porte, amortecendo bem o impacto ao cruzar as ondas, mesmo as maiores, geradas por outros barcos, e sem respingos de água no cockpit. Enfim, uma boa opção para quem procura uma lancha de passeio diurno confortável e com ótimo conjunto casco e motor.

A FS 265 Solaris tem tudo o que se espera de um barco dessa categoria, da construção ao acabamento.

ONDE TESTAMOS
ONDE: Imediações da barra norte de Florianópolis, Santa Catarina
CONDIÇÕES: Águas com ondas de 0,40m e ventos de 10 nós
A BORDO: 2 pessoas, cerca de 140 litros de combustível e 100 litros de água
MOTORIZAÇÃO: Um Mercruiser 4.5, gasolina, V6, 4,5 litros e 250hp, acoplado à rabeta Bravo 3
TIPO PROPULSÃO: Centro-rabeta
RELAÇÃO DE TRANSMISSÃO: 2,2:1
HÉLICES: Aço Inox para rabeta B3, de 15,8” x 22,5”

Lancha
Lancha
Lancha
Lancha
Lancha

VÍDEOS

FS 265 Solaris - Apresentação

Entre em contato

Solicite um orçamento sem compromisso. Seu sonho custa menos do que você imagina!




Prefere ser contatado por:


Solicite um Orçamento