Blog

Churrasqueira para barco: dicas para assar a bordo

Compartilhe:

Há poucas coisas na vida que trazem tanta felicidade quanto reunir os amigos ou a família para aquele churrasco. Agora, imagine só como seria se você conseguisse juntar momentos assim com o seu maior lazer: os passeios com a sua embarcação. E se nós dissermos que, com uma boa churrasqueira para barco, isso é possível?

Além de proporcionar esses momentos de qualidade por si só, uma churrasqueira para barco também pode ser a sua salvadora após um longo dia de navegação. Afinal de contas, depois de passar todo o dia em alto mar, você e suas companhias certamente estarão com fome – e nem sempre aqueles sanduíches frios são a melhor opção, não é mesmo?

No texto que a FS Yachts trouxe para você hoje, nós iremos te dar algumas dicas de como utilizar uma churrasqueira perfeitamente e aproveitar tudo que um churrasco a bordo pode oferecer. Para isso, falaremos um pouco mais sobre os principais tipos de churrasqueira para barco e alguns cuidados que devem ser tomados. Confira!

 

Os 3 tipos de churrasqueira para barco

Para que você saiba qual é a opção mais adequada ao seu caso, é preciso saber quais são elas e as características que cada uma apresenta. Conheça abaixo os principais tipos de churrasqueira para barco:

 

1. Churrasqueira a carvão

É indiscutível: não existe churrasco melhor e mais saboroso que o feito com carvão. Porém, ele é também o que demora mais tempo para ficar pronto. Com uma gama de opções de diferentes tamanhos, a churrasqueira a carvão é adaptável a praticamente qualquer barco.

Talvez a principal vantagem deste tipo seja o fato de ele não precisar de gás ou eletricidade, como é o caso dos seguintes. Eles são também os mais baratos. Uma desvantagem, por outro lado, é que os cuidados com eles precisam ser ainda maiores. É preciso cuidar para que as cinzas não façam estragos e, no pior cenário, peguem fogo.

 

2. Churrasqueira a gás

Assim como o anterior, a churrasqueira a gás é conhecida por existir nos tamanhos mais diversos. Você pode encontrá-la tanto em dimensões compactas, perfeita para uma família, quanto em maiores, prontas para servir uma festa inteira. É uma alternativa escolhida por muitos pois o gás é um combustível barato e fácil de ser encontrado.

Contudo, como você já deve ter imaginado, a churrasqueira a gás é o tipo que exige mais cuidados. Por ser mais pesado que o ar, vazamentos do gás oferecem grande perigo de explosões. É importante ficar sempre atento.

 

3. Churrasqueira elétrica

Por último, temos a churrasqueira elétrica. A principal diferença dela é que o funcionamento só é possível com o uso de um gerador de energia. Outra característica que a diferencia é o fato de que costuma ser instalada diretamente na embarcação, enquanto as outras são móveis.

Em comparação com as outras duas, é a mais cara. Além disso, é preciso muita eletricidade para que ela funcione perfeitamente. No entanto, para quem põe a segurança em primeiro lugar, não existe opção melhor. Outro detalhe é que, enquanto as anteriores precisam ser usadas em áreas externas, a elétrica não possui a mesma necessidade.

 

Alguns cuidados

Ainda que cada tipo de churrasqueira para barco tenha suas especificações, determinados cuidados devem ser tomados em todos os casos. Veja:

  • siga as instruções do fabricante;
  • tenha certeza de que a montagem está completamente correta e segura;
  • sempre tenha alguém cuidando da churrasqueira;
  • use acessórios adequados;
  • não asse quando o barco estiver no meio de uma navegação.

 

Conhecendo cada um dos tipos, sabendo como manuseá-los e tendo os devidos cuidados, fazer um bom churrasco em alto mar será uma tarefa segura para você e divertida para todos que estiverem junto. Gostou do texto de hoje? Acompanhe a FS Yachts no Facebook e no Instagram para saber ainda mais!

+55 (48) 3279-7333 De segunda a sexta das 09h00 a 18h00 (GMT -3).
Calle Cecília Maria José de Azevedo, n° 210 - Mar das Pedras – Biguaçu/SC