3 dicas para escolher a âncora da sua lancha

Compartilhe:

Ao escolher um automóvel é preciso alguns cuidados na hora de optar pelos acessórios que  irão compor o carro, não é mesmo? Pois bem, com a lancha não é diferente. Os acessórios, além da estética que propiciam, são parte importante para o bom desempenho do barco. Um desses objetos que merecem atenção é a âncora.

A âncora é um item fundamental, pois proporciona às pessoas a bordo mais segurança no momento da ancoragem da lancha, permitindo também que a embarcação não seja levada pelo vento ou correnteza.

Por isso, a âncora é um objeto obrigatório no barco. Conforme as normas estabelecidas pela Marinha do Brasil, as embarcações de médio porte, por exemplo, devem contar, no mínimo, com uma âncora de 20 metros de cabo ou amarra.

Apesar de ser um item importante nas lanchas, é comum surgirem dúvidas quanto ao tipo de âncora. Porém, para que você compreenda melhor o assunto, a FS Yachts te conta agora dicas do que levar em conta na hora da escolha. Confira!

 

Quais os principais modelos de âncora para lancha?

 

Âncora do tipo Almirante

Esse é o modelo de âncora mais conhecido, criado há mais de 200 anos, em meados de 1800. Porém, hoje é pouco utilizado nas lanchas por causa do seu peso e tamanho, mesmo sendo recomendada para locais onde haja muitas pedras.

 

Âncora do tipo Bruce

Desenvolvida há mais de 40 anos, esse é o modelo mais encontrado nas lanchas brasileiras devido seu desempenho em relação a resistência e peso.

 

Âncora do tipo Danforth

Um dos modelos mais novos de âncora é o tipo Danforth. Em relação a resistência e peso são as mais recomendadas, pois quando em uso conseguem dar mais segurança para a embarcação enquanto ancorada.

A âncora do tipo Danforth é ideal para reserva do modelo que vem no barco, sendo utilizada em caso de urgência. Além disso, não deve ser usada em longas paradas com a embarcação, apenas para assegurar que a lancha não gire livremente.

 

Âncora do tipo Arado

Inventada em 1930, a âncora do tipo Arado conta com sua ponta feita com chumbo, material que permite que sua ponta penetre melhor na ancoragem da lancha.

 

Âncora do tipo Rocna e Spade

Modelo que vem ganhando força no mercado, a âncora do tipo Rocna e Spade é de fácil lançamento e recolhimento, além de se encaixar em qualquer proa. Nos testes realizados no segmento é um dos modelos que se destacam pela qualidade.

 

Como escolher a âncora ideal para minha lancha?

 

1. Saber o lugar onde você irá ancorar

Para saber qual o modelo ideal para sua lancha é fundamental saber o tipo de ambiente (fundo do mar e rio) que você irá ancorar a embarcação. Se é muito fundo ou apresenta pedras e outros intempéries. Depois de escolhido o local é possível observar a âncora que mais se encaixa no seu objetivo.

 

2. Qual modelo apresenta melhor resistência

A resistência é outro item que deve ser observado na hora de escolher a âncora da sua lancha. O modelo ideal é aquele que permite um suporte maior para que a embarcação não fique girando enquanto ancorada.

 

3. Segurança

Num passeio de lancha o que você mais deseja é aproveitar os momentos de descanso com segurança, não é mesmo? Portanto, nada melhor do que escolher um acessório importante para a embarcação que ofereça esse item.

A âncora deve garantir a segurança dos tripulantes enquanto o barco está sendo ancorado e não causar acidentes.

 

Gostou das dicas? Quer saber mais informações sobre as lanchas da FS Yachts? Siga nossas redes sociais: Facebook e Instagram e fique por dentro das nossas novidades!

Lanchas personalizadas: saiba como deixar o barco do seu jeito

Compartilhe:

O sonho de comprar uma lancha está presente na vida de uma boa parte dos brasileiros, principalmente daqueles que apreciam o mar. Adquirir uma lancha significa ter a possibilidade de curtir belos passeios ao lado da família e amigos, uma prática de esporte e realização pessoal.

Agora, já imaginou ter a oportunidade de deixar o barco do seu jeito, a partir do seu gosto e estilo? Isso é possível com as lanchas personalizadas. Muitos estaleiros permitem, hoje, que o proprietário faça algumas modificações na embarcação, tudo para deixar a lancha o mais pessoal possível.

 

Porém, você sabe quais as modificações que podem ser feitas nas lanchas personalizadas? Para responder essa pergunta, a FS Yachts preparou esse texto. Vamos explicar como você pode deixar o barco do seu jeito, antes mesmo dele sair da fábrica. Confira!

 

Dica importante! A maioria dos estaleiros permite que as modificações principais sejam feitas na decoração da lancha como a cor do casco, estofados e tapetes, personalização de motores (gasolina, diesel) mais forte ou não, e também nos eletrônicos e tipo de carretas (rodoviária ou de encalhe). No caso dos barcos, normalmente acima de 60 pés, vai um pouco mais além, autorizando a mudança na troca dos móveis, modificação na cabine, e o aumento dos espaços dos ambientes. A única restrição é não interferir na estrutura da embarcação.

 

3 formas de como deixar as lanchas personalizadas

 

1. Cor do barco personalizada

 

Uma das formas mais conhecidas para deixar as lanchas personalizadas é modificando a sua cor. Assim como ocorre com os automóveis, essa é uma maneira de tornar a embarcação única, que não será encontrada em nenhum outro lugar, refletindo nela o seu estilo.

É considerado personalizar a cor da lancha a pintura ou envelopamento náutico. As opções são variadas e um dos modelos mais encontrados é deixando o barco com a mesma cor do seu automóvel.

Já o envelopamento náutico pode ter as cores de sua preferência ou acrescentar outras características na lancha, como o seu nome, por exemplo. Essas alternativas são uma maneira de deixar a embarcação mais pessoal, com o que está em alta no mercado. 

 

2. Modificar o estofado da lancha

 

Lanchas personalizadas também significam a mudança da cor ou material do estofado. Para deixar a lancha do seu jeito, uma das alternativas é acrescentar a cor que você deseja nos estofados, ou até mesmo personalizar bordando o nome do barco nos acessórios como almofadas e toalhas. Isso é mais uma marca de que a embarcação pertence a você.

 

3. Acrescentar acessórios 

 

Por fim, os acessórios são outra maneira de deixar as lanchas personalizadas. Acrescentar churrasqueira, frigobar, tapetes, instalar eletrônicos como som, GPS ou Sonar, ar condicionado, gerador são algumas opções. Além de deixar a embarcação do seu jeito, é uma forma de oferecer  mais conforto para você e os demais tripulantes.

Afinal, curtir uns momentos de descanso e diversão, principalmente com a correria do dia a dia, é um dos diferenciais de quem escolhe um barco como lazer.

 

Essas são algumas das opções para tornar as lanchas personalizadas. Está à procura da lancha perfeita para você? A FS Yachts conta com uma variedade de modelos inovadores, modernos e com design único. Siga nossas redes sociais Facebook e Instagram e confira mais informações!

4 dúvidas comuns entre os clientes de uma marina

Compartilhe:

Comprar um barco não é apenas decidir sobre qual o modelo ou marca ideal. Adquirir uma lancha significa também pensar sobre o tipo de motor, o combustível a se usar e, um dos principais, saber onde guardar a embarcação. Para isso existem as marinas náuticas, locais responsáveis por abrigar barcos, mas que também podem ser ambientes de lazer dos tripulantes.

Porém, ao pensar nesses ambientes, várias dúvidas são comuns entre os clientes de uma marina: quais os serviços e planos oferecidos, por exemplo. Pensando nisso, a FS Yachts preparou esse post. Separamos as dúvidas mais comuns entre os clientes de uma marina e vamos explicar elas agora para você. Confira!

 

Principais dúvidas entre os clientes de uma marina

 

1) A marina tem responsabilidade de oferecer socorro em caso de emergência?

 

Essa é uma das dúvidas mais frequentes entre os clientes de uma marina, afinal situações de perigo podem acontecer a todo momento, mesmo com todas as medidas de precaução. Mas o socorro, em caso de urgência, é um serviço que pode ser oferecido pela marina, contudo não é uma obrigação do local.

A ajuda em casos de acidentes como colisão, falha do motor, entre outros pode ser solicitada à marina, mas todos os serviços realizados serão cobrados, mesmo que de forma individual. 

 

2) É obrigação da marina indicar as condições climáticas e da maré?

 

Nesse caso, a marina não tem obrigação de avisar as condições do tempo e o tipo de maré para os tripulantes das embarcações. Mas, de acordo com as boas práticas de uma marina, ela pode avisar seu cliente em caso de mau tempo e outros imprevistos que possam prejudicar a navegação.  

No entanto, caso ela não ofereça as informações fica a cargo dos clientes de uma marina buscar as informações sobre clima, vento e maré antes de sair a navegar com a lancha. Essas medidas auxiliam você a fazer um passeio seguro e sem preocupações com imprevistos. 

Se você quer saber como ler a previsão do tempo e planejar sua navegação, nós temos um texto inteiro sobre este assunto. Confira-o neste link!

 

3) A marina deve oferecer o serviço de manutenção do barco?

 

Hoje, as marinas contam com diversos serviços, tudo para oferecer mais comodidade e conforto. Uma das primeiras atividades que são encontradas pelos clientes de uma marina é escolher se o serviço de limpeza do barco estará incluso ou não, sendo cobradas taxas diferentes para isso. 

A limpeza do barco, principalmente depois de um passeio, a verificação do motor e do nível de combustível, por exemplo, são tarefas básicas de manutenção da lancha e que colaboram para a aumento da durabilidade do barco e garantem a segurança dos tripulantes, sendo essenciais com ou sem a interferência da marina.

 

4) O contrato com a marina é mensal ou anual?

 

Para os clientes de uma marina que têm dúvidas sobre o contrato ser mensal ou anual, nós explicamos para você. Nesse caso, depende de cada marina; fica a cargo do local estabelecer o tempo de realização dos serviços.

Cabe a você escolher a alternativa mais interessante baseado nas suas necessidades e na sua pretensão de manter ou não o serviço.

 

Atenção! Antes de escolher a marina para guardar sua lancha é preciso certificar-se sobre todos os serviços oferecidos pelo local, tudo que está incluso no contrato que você está assinando para que problemas futuros sejam evitados. Além disso, buscar informações com outros clientes da marina para obter mais detalhes das atividades. 

 

Conseguiu tirar suas dúvidas sobre os serviços de uma marina? A FS Yachts tem mais de 20 anos no mercado náutico e conta com modelos de lanchas novas e seminovas. Entre no nosso site e saiba mais informações.

Como evitar o efeito da maresia no seu barco

Compartilhe:

A compra de um barco é para muitos a realização de um sonho. Afinal, navegar pelos nossos mares e rios é uma sensação única, cheia de descobertas e belas paisagens. No entanto, após adquirir a embarcação é preciso tomar alguns cuidados como a manutenção preventiva para melhor conservação da lancha

Porém, há uma situação que gera preocupação entre os marinheiros e amantes da navegação: a maresia. A combinação da água e sal que ocorre no fenômeno precisa ser retirada todos os seus resquícios para não prejudicar a embarcação. 

Logo, para que seu barco não sofra com os efeitos da maresia que a FS Yachts preparou esse texto. Vamos contar três cuidados básicos para evitar que a maresia cause danos a sua lancha. Confira! 

 

O que é maresia? 

Antes de falar sobre quais os cuidados para evitar o efeito da maresia no seu barco, é importante explicar o que é esse fenômeno. Pois bem, a maresia nada mais é do que uma névoa de gotas finas e úmidas que sobem do mar quando as ondas tocam a areia. 

Assim como dito anteriormente, a maresia é uma mistura de água e sal que em contato com ferro e metais faz a corrosão dos objetos. Nas lanchas, um dos principais problemas é a ferrugem, que prejudica o casco da embarcação. 

 

Mas, afinal, como evitar o efeito da maresia no barco? 

 

1. Lave o barco com água doce 

Com certeza você deve estar pensando essa alternativa um pouco estranha, não é mesmo? Contudo, lavar o barco com água doce é uma das maneiras mais eficazes de retirar todas as gotículas de água e sal da maresia, pois a água doce não contém nenhum intempérie que prejudique o casco da lancha. 

 

2. Invista em capas de proteção

Se seu barco não possui um lugar específico para ser guardado, como por exemplo, uma marina, é fundamental que ele não fique o tempo todo na água, sem nenhum abrigo. Para isso, uma das alternativas é investir nas capas de proteção. 

As capas ajudam a prevenir que o barco fique exposto aos efeitos da maresia e outras ações do tempo e umidade, que aceleram os efeitos de danos à embarcação. Portanto, essa é uma maneira de garantir que a maresia não tenha efeito negativo no barco. 

Lembrando que antes de utilizar a capa na embarcação é fundamental que o barco tenha sido lavado com água doce para retirar todos os resquícios da maresia. Afinal, a lancha sendo encapada com o sal do fenômeno pode acelerar os efeitos da corrosão. 

 

3. Utilize produtos específicos para limpeza do barco 

Se possível é importante utilizar na hora da limpeza do barco produtos específicos para proteger a embarcação da maresia, além de água e sabão. Lembrando, é claro, de retirar todos os resquícios do produto após a lavagem. 

Já a limpeza do motor, por exemplo, o indicado é usar produtos biodegradáveis, para retirar a graxa e óleo. E após, colocar um spray à base de silicone para proteger dos efeitos da maresia. 

 

Dica importante: Para fazer a lavagem o indicado é não utilizar esponjas de aço, nem produtos a base de cloro e outros itens que estraguem o barco. O indicado são produtos neutros e sem álcool. 

 

Agora que você já sabe como proteger seu barco dos efeitos da maresia, que tal conhecer os modelos de lanchas da FS Yachts? Entre no nosso site e saiba mais informações.

Confira como foi a participação da FS Yachts no São Paulo Boat Show!

Compartilhe:

De 19 a 24 de setembro São Paulo foi a capital do maior salão náutico indoor da América Latina: o São Paulo Boat Show. O evento que reuniu mais de 36 mil pessoas foi a oportunidade que os amantes de lanchas, iates, jet ski, motos aquáticas, infláveis, caiaques e acessórios para as embarcações tiveram para admirar, conhecer e comprar o seu próprio barco. 

Em 2019, o São Paulo Boat Show chegou a sua 22ª edição, com mais de 70 expositores no Centro de Convenções São Paulo Expo. O evento arrecadou cerca de R$170 milhões na venda direta de 275 embarcações, um crescimento de 10% em relação a 2018. Quem passou por lá pode conferir de perto os grandes barcos e também os lançamentos do mercado náutico para esse ano. 

E a FS Yachts, sendo um dos maiores estaleiros do país, não poderia ficar de fora do evento, por isso marcamos presença em mais um ano. Para mostrar como foi nossa participação na 22ª edição do São Paulo Boat Show preparamos esse texto. Vamos revelar também a surpresa que planejamos exclusivamente para o evento. Confira! 

 

Nossa linha de lanchas expostas no São Paulo Boat Show 

 

Quem passou pelo São Paulo Boat Show nesses seis dias de evento pode verificar as principais linhas de lanchas comercializadas pelo nosso estaleiro. Embarcações modernas e com design diferenciado, marca registrada das lanchas da FS Yachts. 

No total, a FS Yachts conta com 11 modelos em linha, porém na feira foram sete expostos, entre eles: FS 180, FS 205, FS 215, FS 230 Scappare, FS 260 Element, FS 290 Concept e FS 360 Allure. Todos os modelos comercializados com condições especiais de fábrica. 

Mas a participação da FS Yachts não se resumiu somente a exposição destes modelos, preparamos para o São Paulo Boat Show mais um lançamento, a linha Swiss Edition. Uma versão comercializada em todas as nossas embarcações. Na feira foram expostos os modelos FS 360 Allure e FS 265 Element da linha Swiss Edition. 

 

FS 360 Swiss Edition: novo lançamento da FS Yachts 

 

A nova lancha da FS Yachts conta com o requinte e conforto dos demais modelos fabricados pelo nosso estaleiro. Características que você nosso cliente já conhece. O diferencial da linha Swiss Edition está no acabamento do seu estofado e cor exclusiva. 

Com capacidade para 14 pessoas a bordo, pernoite para 2 casais e cabine de 1,95m de pé-direito, o modelo oferece segurança e bem estar para quem quer aproveitar um passeio com a família e amigos nos mares e rios brasileiros. 

Os barcos exportados para a Suíça possuem uma customização exclusiva, com o modelo Artic nos estofados aplicados nas lanchas (26 e 36), pintura nas cores grafite (360), azul com targa preta (265) e o Deck EVA personalizado.

Em comemoração ao aniversário de 20 anos do nosso estaleiro, estamos oferecendo para nossos clientes essa versão exclusiva de exportação Swiss Edition também para o mercado interno.

Estamos exportando para Brienz, na Suíça. Na cidade existe o lago Brienz,  situado no norte dos Alpes suíços que é o principal lugar para navegação da região. A nova linha Swiss Edition também deve ser exposta em Bern e Genebra. Abaixo imagem do lago Brienz. 

Lago Brienz

Essa foi a participação da FS Yachts em mais uma edição do São Paulo Boat Show. Se você não pôde comparecer neste ano, não se preocupe, em 2020 tem a próxima edição e nós estaremos lá. 

 

Destaque: O setor náutico, um dos que mais cresce no Brasil, movimenta por ano em torno de R$5 bilhões. Afinal, nosso país conta com 8.500 quilômetros de costa atlântica e 45 mil quilômetros de baías, lagos e rios para navegação, por isso atrai a atenção dos maiores expositores internacionais. 

 

Mas caso você não queira esperar até ano que vem para saber mais informações sobre nossas lanchas. Siga o Facebook e Instagram da FS Yachts e confira os modelos disponíveis para venda. 

Regras de trânsito na água: entenda como ter um passeio seguro

Compartilhe:

Você já ouviu falar sobre as regras de trânsito na água? Pois bem, assim como os automóveis, as embarcações também possuem normas para navegação. Elas são as responsáveis por deixar o “trânsito” no mares, rios e lagoas mais seguro, proporcionando um passeio tranquilo e divertido para você, sua família e amigos.

No dia a dia estamos acostumados às regras de trânsito, especialmente com as placas indicando as direções que devemos seguir em ruas, avenidas e estradas. O papel principal delas é auxiliar para que o trânsito seja o mais prudente possível e para que nós, como motoristas, nos portemos de forma civilizada.

No mar a situação não é diferente. Apesar de não contar com a mesma quantidade de automóveis que temos em terra, as lanchas, barcos e jet ski são constantes nas águas, especialmente no verão, finais de semana ou feriados.

Portanto, saber qual comportamento devemos seguir em alguns casos é fundamental para um passeio seguro. Logo, para retirar todas as suas possíveis dúvidas sobre quais são as regras de trânsito na água, a FS Yachts preparou esse post.

 

Confira as principais normas estabelecidas pelo Regulamento Internacional para Evitar Abalroamento no Mar (RIPEAM) abaixo! 

 

3 importantes regras de trânsito na água 

 

1. Velocidade 

Por não haver o trânsito constante de barcos, é comum que a velocidade das embarcações enquanto navegam seja um pouco maior. Por isso, não há um limite pré-estabelecido de velocidade máxima na navegação. 

A não ser nos canais, próximos a marinas, onde a velocidade máxima permitida geralmente não ultrapassa 10 nós (18km/h) e na bacia de manobras cerca de 5 nós (9km/h). 

Porém, isso não significa que não há a necessidade de ter cautela. Nesse caso, fica a cargo do condutor a responsabilidade de não navegar em alta velocidade, sempre respeitando o limite seguro para que nenhum incidente aconteça. 

O mar apresenta suas peculiaridades, portanto é importante evitar uma velocidade maior, que gere marolas diante dos outros barcos, pois elas podem causar danos ou até mesmo fazer com que as embarcações menores virem. Além disso, pode ser desconfortável e também um pouco inseguro, principalmente com o mar agitado.

Outra dica é manter uma velocidade média em dias de chuva e à noite, quando há pouca visibilidade. Desta forma, o cuidado precisa ser redobrado. 

 

2. Preferência 

As regras de trânsito na água também contam com dicas de preferência para passagem, mas, nesse caso, quando os barcos correm risco de colisão. Aqui, as normas de preferência são conforme os fatores do tamanho do barco, velocidade e o local de navegação

Claro que, a regra básica neste item é: embarcações mais rápidas desviam sempre de algum risco de colisão. Por exemplo, um veleiro e uma lancha estão na mesma direção, para evitar que um acidente aconteça, é mais prático que a lancha desvie, pois ela é ágil e possui mais motor de potência que um veleiro. 

Já quando há dois barcos iguais, como duas lanchas, que se aproximam em sentido cruzado, a embarcação que estiver no sentido boreste (lado direito) tem a preferência, tendo a outra que fazer um desvio de rota. No entanto, quando as lanchas estão em sentido contrário, ambas devem guinar para boreste. 

 

3. Aviso sonoro 

O uso de buzina nos barcos também faz parte das regras de trânsito na água. Geralmente para avisar sobre alguma manobra. Abaixo os exemplos: 

  • 1 apito curto (o barco vai virar para direita) 
  • 2 apitos curtos (o barco vai virar para esquerda) 
  • 3 apitos curtos (marcha ré) 
  • 1 apito longo (para fazer curva)
  • 2 apitos longos e 1 curto (barco vai ultrapassar o outro pela direita) 
  • 2 apitos longos e 2 curtos (barco vai ultrapassar pela esquerda) 
  • 1 longo (é usado em caso de nevoeiro) 

 

Agora que você já sabe quais as principais regras de trânsito na água, ficou mais fácil navegar com segurança pelas águas que deseja, não é mesmo?

Siga a FS Yachts no Facebook e Instagram e continue acompanhando nossas novidades!

5 lanchas mais rápidas do mundo para esportes náuticos

Compartilhe:

A imensidão azul do mar é algo indiscutivelmente impressionante. Não tem como olhar para o oceano e não se encantar pela bela paisagem que somente ele proporciona. Para os apaixonados pelas águas, com certeza adentrar com sua lancha, veleiro, ou jet ski é uma experiência única.

No entanto, as lanchas proporcionam outros sentimentos também, como, por exemplo, a adrenalina da alta velocidade. Assim como os carros e motos, existem barcos que unem conforto, praticidade e bom desempenho num único veículo. Ideais para aqueles que curtem a prática de esportes náuticos, temos as consideradas lanchas mais rápidas do mundo.

As lanchas mais rápidas do mundo são embarcações modernas, com design sofisticado, que dão um estilo próprio aos barcos e sempre trazendo aquele toque da alta velocidade e adrenalina.

Quer saber quais são as 5 lanchas mais rápidas do mundo? No texto de hoje da FS Yachts mostraremos para você os principais modelos, suas velocidades máximas e empresas de fabricação. Confira!

 

Modelos de lanchas mais rápidas do mundo para esportes náuticos

 

1. Statement! Marine 50’ Catamaran

Esse é o modelo considerado a lancha mais rápida do mundo. Desenvolvida por três engenheiros, a lancha comporta até 6 pessoas confortavelmente.

Seu alto desempenho deve-se aos 2 motores turbos de 3.000 cavalos de potência, que colaboram para que ela atinja a velocidade máxima de até 300 km/h.

A Statement! Marine 50’ Catamaran possui 15 metros de comprimento e custa o valor aproximado de 1 milhão de dólares.

 

lanchas mais rápidas do mundo 1

 

2. 388 SS Skater

Fabricada pelo estaleiro americano Skater, a lancha 388 SS Skater é um modelo diferente, principalmente no seu formato, que possibilita que a água passe por baixo da embarcação, sem afetar, é claro, sua estabilidade.

Com um design esportivo, comporta também até 6 pessoas. Conta com 2 motores e 3 opções de motorização, a mais potente gera até 1.350 cavalos de potência para ambos os motores.

A 388 SS Skater chega a velocidade máxima de 290 km/h e pode ser adquirida pelo valor aproximado de 1 milhão de dólares.

 

lanchas mais rápidas do mundo 2

 

3. Fountain 42’ Lightning

Conforto e praticidade são as marcas da Fountain 42’ Lightning. Além do design moderno, a lancha possui espaço externo para 5 pessoas e conta também com compartimento interno, todo mobiliado. 

Com velocidade de até 275 kim/h, o modelo tem 4 motores e 2 opções de propulsores que chegam a 1.075 cavalos de potência, ideal para a prática de esportes náuticos. Por isso, ela não poderia faltar como um dos principais modelos de lanchas mais rápidas do mundo.

 

lanchas mais rápidas do mundo 3

 

4. Outerlimits 50’ Catamaran 

O quarto modelo possui acabamento em couro e camurça. Com 2 motores de 1.250 cavalos de potência cada, chega à velocidade máxima de 257 km/h. 

A Outerlimits 50’ Catamaran é fabricada com fibra de carbono, mesmo produto utilizado nos carros de Fórmula 1 e foguetes da NASA. Seus 15 metros de comprimento unem luxo e conforto. 

 

lanchas mais rápidas do mundo 4

 

5. Cigarette Racing Rider 46’ XP

E, por último, não poderia faltar na lista das lanchas mais rápidas do mundo o modelo fabricado pela marca conhecida por produzir os carros mais ágeis para competição: a Cigarette Racing. 

A embarcação pode chegar até 210 km/h, a partir dos 2 motores turbos de 2.736 cavalos de potência. Dentre as vantagens da compra dessa lancha é que ela pode ser personalizada, tanto a decoração, pintura e acessórios.  

A Cigarette Racing 46 XP pode ser encontrada pelo valor de 900 mil dólares. 

 

lanchas mais rápidas do mundo 5

 

 

E aí, gostou de saber sobre as lanchas mais rápidas do mundo? Que tal conhecer os modelos de barco da FS Yachts? Entre em contato conosco e saiba mais informações sobre os produtos.

A FS Yachts estará no São Paulo Boat Show 2019!

Compartilhe:

Para entusiastas e amantes do mundo náutico, não há nada melhor que um boat show. E para aqueles que desejam conhecer modelos diferenciados de embarcações e aproveitar condições especiais para adquirir a sua, também. Se você é uma dessas pessoas, a FS tem uma boa notícia! Em menos de 1 mês, teremos o São Paulo Boat Show 2019. 

O evento é muito conhecido por ser o maior salão náutico indoor de toda a América Latina, e a edição deste ano contará com mais de 70 expositores. O São Paulo Boat Show 2019 é a oportunidade perfeita para ver de perto a maior variedade de lançamentos de lanchas, jet skis, infláveis, caiaques, motores, equipamentos e uma gama completa de produtos ligados ao mundo náutico.

Se você quer saber mais sobre o São Paulo Boat Show 2019 e ainda conferir um pouco do que a FS Yachts tem preparado para o evento em um só lugar, você veio ao local certo! No restante deste texto, nós passaremos mais informações para que você consiga se preparar para comparecer e venha nos ver. Saiba mais abaixo!

 

Mais informações sobre o São Paulo Boat Show 2019

Em 2019, o SP Boat Show estará em sua 22ª edição e terá quase uma semana de grandes negócios a bordo. A organização do SPBS espera receber um total de aproximadamente 30 mil pessoas com a soma de todos os dias deste evento, fazendo com que ele seja um dos maiores de sua história.

O São Paulo Boat Show 2019 irá acontecer de 19 a 24 de setembro, com horários variados durante os dias:

 

  • 19/09: de 15h a 22h
  • 20/09: de 13h a 22h
  • 21/09: de 12h a 22h
  • 22/09: de 12h a 22h
  • 23/09: de 13h a 22h
  • 24/09: de 13h a 21h

 

Além das tantas horas de evento, a localização do espaço onde ele acontecerá é altamente privilegiada, facilitando todos que desejam comparecer. Trata-se do Centro de Exposições São Paulo Expo, na capital do estado. O Centro fica a 750m do Metrô Jabaquara e a 10min do Aeroporto de Congonhas.

Todas essas informações e muito mais pode ser conferido no próprio site do São Paulo Boat Show 2019 neste link.

 

Confira a exposição da FS Yachts!

E a FS Yachts, na posição de um dos maiores estaleiros do Brasil, não poderia ficar de fora deste grande evento do mundo náutico. Quem comparecer ao São Paulo Boat Show 2019, em qualquer um dos dias, poderá ver nossa exposição com uma variedade diferenciada de lanchas que somente nós poderíamos produzir!

Alguns dos modelos FS que você poderá ver no SP Boat Show 2019 são a FS 180, FS 205, FS 215, FS 230 Scappare, FS 260 Element, FS 290 Concept e FS 360 Allure. Todas essas belas embarcações poderão ser apreciadas e adquiridas diretamente conosco e com condições especiais de fábrica!

E fique ligado! Durante o evento, nós também anunciaremos uma surpresa! Será mais um diferencial que só a FS Yachts pode proporcionar.

 

 

E você, também está na expectativa para o São Paulo Boat Show 2019? Não deixe de ir e testemunhar um dos maiores eventos náuticos do mundo! Para receber mais informações e saber tudo sobre o SPBS 2019, siga a FS Yachts no Facebook e no Instagram!

O que não pode faltar em uma marina de qualidade?

Compartilhe:

Quando você procura por uma marina para deixar seu barco, com certeza busca um lugar seguro, com instalações adequadas e que ofereça todos os serviços necessários para garantir a integridade da embarcação, não é verdade? Afinal, uma marina de qualidade, além de infraestrutura, apresenta a regularização do local e muito conforto, entre outras vantagens. 

Por isso, no texto de hoje da FS Yachts, você irá descobrir o que não pode faltar em uma marina de qualidade e o que deve ser levado em conta antes de atracar sua embarcação no local, como a segurança, estrutura e os documentos necessários. Confira as principais dicas abaixo! 

 

O que é uma marina?

São conhecidas por serem conjuntos de instalações para abrigar barcos. Porém, as marinas não são somente isso; elas podem ser lugares para navegação, lazer e prática de esportes náuticos. Em alguns casos, as marinas oferecem também serviços de limpeza, manutenção e venda de combustível para as embarcações. 

 

Marina de qualidade: 5 características que não podem faltar no local 

 

1. Segurança

O principal item que não pode faltar em uma marina de qualidade é a segurança que ela oferece para a embarcação e seus tripulantes. Uma marina de qualidade deve ter um controle de acesso das pessoas que entram e saem do local. Assim, sua lancha estará em segurança contra qualquer dano e possíveis furtos de pertences ou até mesmo peças. 

 

2. Serviço de manutenção 

Como sabemos, imprevistos podem acontecer com uma lancha. Falhas no motor são um exemplo. Para esses casos, é fundamental ter um serviço de resgate/reboque ao qual você possa recorrer quando acontece alguma dificuldade durante o passeio. Uma marina de qualidade deve oferecer ou disponibilizar por meio de terceirizados o serviço de manutenção geral para seus clientes também. 

Verificação do motor periodicamente, nível de combustível e higienização periódica dos barcos, principalmente após os passeios são serviços básicos e essenciais para garantir a segurança dos tripulantes e a durabilidade maior do barco. 

 

3. Conforto 

Nada melhor que, depois de realizar um passeio de lancha, ter um ambiente agradável e aconchegante para a ancoragem da embarcação e o seu descanso. Hoje, as marinas contam com diversos serviços para a comodidade das pessoas,  oferecendo principalmente área de lazer completa com churrasqueiras, bares, espaço para prática de esportes, restaurantes e lojas, se aproximando muito de um clube. 

Além disso, existem marinas específicas para cada tipo de embarcação. Barcos maiores geralmente podem ancorar em espaços exclusivos para eles. Portanto, antes de guardar sua lancha em uma marina, certifique-se que ela suporta o tamanho da sua embarcação e garanta sua segurança.

 

4. Preocupação com o meio ambiente 

Andar de lancha proporciona conhecer muitos lugares e o contato direto com a natureza. No Brasil, há destinos que oferecem belas paisagens, com mar azul e até a possibilidade de ver espécies raras de animais marinhos. 

Por isso, uma marina de qualidade deve ter o cuidado em preservar esses locais, justamente para evitar danos à natureza. A preocupação com o meio ambiente deve andar junto com a infraestrutura da marina, a partir de programas de responsabilidade ambiental e social, respeitando os animais e a vegetação. 

Logo, é importante verificar, antes de escolher a marina para guardar sua lancha, se ela conta com licença ambiental oferecida pelos órgãos responsáveis da região. 

 

5. Regularização documental 

Por fim, uma das características mais importantes de uma marina de qualidade é saber se ela conta com todos os documentos regularizados, especialmente os administrativos e o seguro da marina. 

Uma marina de qualidade, com os documentos em dia, oferece mais segurança e tranquilidade para você guardar seu barco sem o risco de ocorrer prejuízos. 

 

Gostou das dicas? Para receber mais conteúdos como este e ficar por dentro de tudo sobre o mundo náutico, siga a FS Yachts nas redes sociais! Você pode nos encontrar tanto no Facebook quanto no Instagram

Lanchas, iates e veleiros: você sabe a diferença entre eles?

Compartilhe:

Para um leigo no assunto, lanchas, iates e veleiros podem parecer termos diferentes para o mesmo tipo de embarcação. Porém, para aqueles apreciam andar ou praticar esportes em alguns desses barcos, saber as características de cada um faz toda a diferença na hora de comprar ou de pilotar algum deles. 

Tipo de carteira náutica necessária para pilotar (de acordo com a Capitania dos Portos, órgão fiscalizador de transportes aquáticos), opção de motor, combustível e comportamento dentro d’água são as principais diferenças entre lanchas, iates e veleiros. Sem falar, é claro, na diferença dos modelos, tamanhos e valores. 

Portanto, se você pretende comprar alguma dessas embarcações e está na dúvida de qual escolher, deve conferir esse post de hoje da FS Yachts. Vamos explicar as características e diferenças entre lanchas, iates e veleiros para que você opte pelo melhor modelo de acordo com seu objetivo, seja ele passeio, lazer ou prática de esporte. 

 

Principais diferenças entre lanchas, iates e veleiros 

 

Lanchas 

As lanchas são muito utilizadas para o turismo, lazer, pesca e prática de esportes aquáticos. Isso porque são embarcações menores, que se adaptam melhor a diversos ambientes como mares, rios, lagos e represas. 

Seu desempenho é de alta qualidade, apresentando um casco para melhor performance na água, além da presença de dois motores, sendo um deles utilizado caso ocorra algum imprevisto como, por exemplo, pane ou falha do motor principal.  

Dentre suas características, as lanchas podem apresentar conforto e segurança para os tripulantes, já que alguns modelos contam com quarto, banheiro e cabine. As lanchas são apropriadas para passeios com a família e amigos. 

Existem, basicamente, dois tipos de lanchas: a de proa aberta e a cabinada. A escolha do modelo ficará a cargo dos objetivos para os quais você usará a embarcação. 

 

  • Proa aberta: indicada para quem deseja fazer passeios mais curtos, sem a necessidade de dormir a bordo. 

 

  • Cabinada: esse é um modelo mais completo, que oferece mais comodidade para os passageiros. Ideal para quem deseja dormir na embarcação ou passar um final de semana a bordo. 

 

Iates 

Assim como as lanchas, os iates também são usados para o lazer. A diferença é que são utilizados para passeio em alto mar, pela dificuldade em fazer manobras por causa do seu tamanho. Diante dos veleiros e lanchas, apresenta maior requinte e conforto, podendo ser usados também como moradia.  

Os iates podem ser movidos a motor ou a vela, sendo os últimos modelos fabricados com motor a diesel. Sua vantagem está em proporcionar viagens mais longas, a bordo de uma embarcação luxuosa, com quartos, cozinha e banheiros, ideal para quem quer navegar e aproveitar os momentos de descanso por alguns dias. 

 

Veleiros 

Os veleiros são embarcações menores, ideais para quem busca uma navegação mais tranquila e com pouca velocidade. Os veleiros, assim como o nome já diz, são movidos a vela, porém contam com motor, usado apenas para facilitar as manobras durante o passeio. 

O veleiro requer um cuidado a mais para pilotar, já que é necessário conhecimento sobre a direção do vento e regulagem das velas para uma viagem segura.   

 

Conseguiu tirar suas dúvidas sobre a diferença entre lanchas, iates e veleiros para fazer a escolha correta e segura da sua embarcação? Entre no nosso site, confira os modelos de lanchas da FS Yachts e adquira já a sua!